Faturamento ou lucro?

Diferenciar faturamento ou lucro é um item fundamental em um mundo de constantes mudanças e a chegada de novas ideias e startups no mercado. É preciso se cercar de conhecimentos e de várias atualizações, porém  costumes antigos desse meio empresarial ainda são muito seguidos. Dentre eles podemos notar que ainda há uma grande dúvida em questão ao tema acima, “faturamento ou lucro” entre os empreendedores, pois muitos tem ainda a dificuldade em distinguir se seu fluxo do caixa é faturamento ou lucro.

Muitas pessoas tem o costume de dizer que o que ganham é o que faturam. Já ouviu por exemplo alguém dizer várias vezes “hoje faturei bastante” referindo-se a ter ganho bastante dinheiro. Essa confusão é compreensível, pois “faturar” sempre foi sinônimo de “ganhar”.

Mas há uma diferença importante entre elas para distinguir o faturamento do lucro.

Faturamento ou lucro tem que ser compreendido para a boa saúde financeira da empresa e dos sócios.

Você sabe qual a diferença?

O faturamento significa todo o valor que uma empresa negocia, todo montante que é creditado no seu caixa de todas as formas de recebimento, por todas as negociações de seus produtos e ou serviços, registrados ou anotados por um determinado período, período esse que pode ser diferente nas empresas devido a seu tipo de empreendimento. Geralmente o período mais utilizado para melhor controle medido é o mensal.

Vale lembrar também que, para a compreensão contábil, faturar significa emitir uma nota de fatura do referido pedido ou da venda já concluída do produto ou serviço para entrega ou para execução direta ao cliente consumidor.

Já o Lucro significa a parte que sobra do montante deste faturamento depois que o empresário pagar todas as despesas da empresa relativas as vendas e ou negociações contidas no faturamento referentes a este mesmo período.

Estas despesas podem para pagamento:

  • do fornecedor
  • de contas de consumo (água, luz, gás, telefone, internet, sites, alarmes)
  • dos funcionários
  • do escritório ou de um profissional de contabilidade
  • de aluguel (caso o local não seja próprio)
  • dos tributos (diferentes de acordo com o ramo de atividade)
  • das despesas com veículos e combustível (despesas efetivas e outras também não previstas, como por exemplo, manutenção e as multas)
  • dos equipamentos
  • dos materiais de escritório
  • dos itens variados (copos para o cafezinho e outros)

Enfim as despesas são diversas, mas resumidamente temos a maioria citadas no texto.

Então após somar tudo que recebeu e subtrair tudo que teve que pagar, encontra-se seu lucro líquido, este valor que realmente o empreendedor pode dizer que ganhou por aquele período.

Para manter seu ganho efetivo e obter sucesso no seu empreendimento, o cuidado em verificar se seu ganho é essencial, assim descobrirá se o valor cobrado pelo seu produto está de acordo com suas despesas, caso contrário o risco de investir, trabalhar bastante sem retorno é alto!

Por que correr o risco de perder seu tempo e seu sonho?

Faturamento ou Lucro - Gestão Financeira

Calcule, anote, defina e descubra o que realmente é seu faturamento ou lucro.

 

Nilce Mesquita

 

 

Leave a Reply